catacumbas de paris

As Catacumbas de Paris foram escavadas com o propósito de obter calcário destinado à construção de vários edifícios na cidade. Neste labirinto subterrâneo e com mais de 300 quilómetros encontram-se os ossos de aproximadamente 6 milhões de pessoas.

História das Catacumbas de Paris

De onde vêm os ossos das Catacumbas? Em 1786, na tentativa de lutar contra epidemias e enfermidades, decidiu-se mudar para aqui os defuntos de vários cemitérios e fossas comuns de Paris. Hoje em dia pode visitar-se uma pequena parte desta complexa estrutura labiríntica.

Há várias referências às Catacumbas de Paris ao longo dos anos. Por exemplo, figuram no romance Os Miseráveis de Victor Hugo (cuja casa também se pode visitar); o exército alemão construiu aqui um bunker; e foram utilizadas como quartel-general da Resistência durante a Segunda Guerra Mundial.

É interessante, embora um pouco tétrico, ver os ossos de milhares de pessoas anónimas a decorar as paredes do espaço. Por outro lado, não deixa de ser um marco histórico e cultural na história da capital francesa.

Visitar as Catacumbas de Paris

Dos 300 quilómetros das catacumbas, apenas pouco mais de 1 km se encontra aberto ao público, por motivos de segurança e para evitar tais actos como rituais de magia negra, por exemplo, que já tiveram lugar aqui no passado.

É ilegal entrar nas catacumbas sem estar acompanhado de um guia oficial. Também não podem haver mais de 200 pessoas ao mesmo tempo a visitá-las.

Pode reservar aqui o bilhete para visitar as Catacumbas de Paris sem filas e com um guia.

Este lugar mostra um lado negro da grande metrópole parisiense e contrasta obviamente com lugares como a Torre Eiffel, o Sagrado Coração ou o Museu do Louvre.

Lugares próximos

Preços

Entrada normal, 10€.
Visita guiada com audioguia e sem esperar na fila, 52€. (Reserva)

Horário

De terça-feira a Domingo, das 10:00h às 16:00h.

Morada

Avenue du Colonel Henri Rol-Tanguy 1, Paris

Como chegar

Metro linhas 4 e 6, estação Denfert-Rochereau / RER linha B, estação Denfert-Rochereau / Autocarros: 38 e 68.

Mapa